• Renata Alabi | Onze Trinta

Qual diferença entre vídeo comercial e vídeo institucional?


HÁ DIFERENÇA DE CUSTOS DE PRODUÇÃO ENTRE VÍDEO COMERCIAL E VÍDEO INSTITUCIONAL?

Cada tipo de vídeo tem uma produção singular. Os custos variam de acordo com a complexidade do projeto. Por exemplo, um vídeo comercial pode ser bem mais caro do que um vídeo institucional que será divulgado nas redes socias.

QUAL A DIFERENÇA DE PRODUÇÃO ENTRE UM VÍDEO COMERCIAL E VÍDEO UM INSTITUCIONAL?

Antes de explicarmos sobre a produção, o importante também é entender o objetivo de cada um desses vídeos. O vídeo comercial tem na sua essência a venda de produtos, serviços, conceitos etc. O vídeo institucional trabalha a imagem da empresa, o que ela representa, seus valores e missão.

Em um vídeo comercial, daqueles divulgados em TV, podem levar até meses de produção! Já o vídeo institucional tem o tempo menor de produção e entrega.

A palavra "produção" não quer dizer "gravação"! Produzir começa desde a solicitação do orçamento até a entrega do vídeo comercial. Dentro de uma produção, considerando um vídeo comercial com pessoas e não em animação, contempla no mínimo:

ROTEIRO

O roteirista irá descrever todo o planejamento do vídeo comercial. É o documento que define cada detalhe de produção.

CASTING

Casting significa quem serão os atores, atrizes, modelos e figurantes que aparecem no comercial. O produtor de casting precisa saber cada característica para buscar de forma assertiva as pessoas que irão aparecer na TV

MAQUIADOR

O maquiador é responsável por toda transformação e caracterização do casting. Dependendo da produção a maquiagem vai até pelo corpo! Ou você acha que aquelas lindas mulheres na praia tem aquele super bronzeado naturalmente? Em vídeos comerciais é normal que seja contratado mais de um maquiador. Imagina um pessoa só maquiando um casting de 50 pessoas?

HAIRSTYLIST

O hairstylist é responsável por cuidar das madeixas do casting. Sabe aqueles cabelos lindos, sedosos, brilhantes e com um penteado incrível que aparece nos comerciais? Além das técnicas de luzes (vamos falar sobre isso em outro post), o hairstylist é o ponto principal dessa transformação! Nesse caso, a contratação pode ser de vários profissionais para atender a demanda.

PRODUTOR

Se você se acha um profissional multitarefas é porque você não conhece um produtor audiovisual!

Se você já assistiu algum making of por aí e viu uma pessoa correndo pra lá e pra cá, com headset (aquele fone de ouvido com microfone), chamando alguém, segurando vários papéis, usando o telefone, conversando com o diretor, conversando com o câmera e tal?

Além de organizar toda a gravação do vídeo comercial, o produtor é responsável pelos briefings, locação, contratação do casting e equipe, controlar o budget...Ufa! E muito mais, acredite!

CAMERAMAN

O operador de câmera ou cameraman é o profissional responsável pela captação das imagens através da câmera. É guiado pelo diretor, que irá indicar quais ângulos e tipo de foco ele deve seguir.

DIRETOR

O diretor é o criador da produção. Ele trabalha com todos da equipe, direcionando, criando, orientando. Resumindo: é quem tem a palavra final. Desde a ideia até a entrega do vídeo comercial é guiado por ele. Todo o processo de produção deve ser acompanhado e aprovado pelo diretor.

A lista é enorme, pois ainda temos: editor, operador de som, operador de cabo, cenógrafo, iluminação, diretor de arte, diretor de fotografia, passadeira, copeira etc. Temos que considerar as diárias de gravação, transporte e alimentação de todos...UFA!

Tudo isso para um "simples"comercial de 30 segundos! Agora você até entende porque um longa-metragem pode demorar anos para ficar pronto, né?

Para o vídeo institucional a produção costuma ser menor que a de um vídeo comercial. Entre tantos pontos, há diferença na quantidade de profissionais contratados, o tipo do profissional e a quantidade de diárias. Leva-se em consideração, também, que raramente se utiliza de Casting, pois a melhor forma de você transmitir os valores e missão da empresa é utilizando personagens reais: os próprios colaboradores e gestores.

Você sabia que é possível gravar o vídeo institucional em poucas ou única diária?

O CUSTO DA PRODUÇÃO DE VÍDEO DEPENDE DO BRIEFING!

Para que você possa calcular os custos de um vídeo você primeiro precisa ter um briefing definido. O trabalho de produção de vídeo não é pouco, por mais simples que possa ser para você. E se deseja um resultado de sucesso garantido, você precisa de bons e reconhecidos profissionais do mercado.

Ficou com alguma dúvida ainda? Entre em contato com a gente que explicamos passo a passo de uma produção!

#videocomercial #videoinstitucional

808 visualizações