• Verônica Gubert

#A Onze Lista: Videoclipes dirigidos por cineastas famosos


A Onze Lista: Videoclipes dirigidos por cineastas famosos

A extinção da MTV Brasil em 2013, surgida no país em 1990 e à época controlada pelo Grupo Abril, parecia ter sepultado de vez o videoclipe, que já vinha perdendo espaço nos mundos da música e do audiovisual. Porém, com as forças do recente pop nacional e de plataformas de exibição como o YouTube, o videoclipe voltou a estar em alta.

A linguagem do clipe teve papel importante na formação dos profissionais da Onze Trinta, como aponta Raul Fernandes, CEO e diretor de fotografia. “O videoclipe foi o primeiro tipo de produção audiovisual com que tive contato, além das novelas”, diz.

Para celebrar a linguagem, o blog da Onze Trinta listou dez clipes dirigidos por grandes diretores - antigos e mais atuais - que nos inspiram!

Under The Bridge - Red Hot Chilli Peppers

Dir: Gus Van Sant

Lançado em 1992, o clipe de Under The Bridge foi dirigido por um Gus Van Sant pré Gênio Indomável. O cineasta também esteve por trás de outros clipes com muita presença na MTV na década de 1990, incluindo Weird, do trio Hanson, e Creep, da banda Stone Temple Pilots.

Human Behaviour - Bjork

Dir: Michel Gondry

Gondry não só começou sua carreira dirigindo videoclipes, como talvez seja tão reconhecidos por eles, quanto por seus longa-metragens, como Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças. Apesar de ter assinado clipes memoráveis para diversos artistas, como Fell in Love With a Girl, de The White Stripes, Around the World, do duo Daft Punk, Everlong, da banda Foo Fighters e Let Forever Be, dos Chemical Brothers, sua parceria com a cantora Bjork, inaugurada por Human Behaviour, merece destaque.

Freedom!´90 - George Michael

Dir: David Fincher

Ao invés de se voltar para o meio após uma carreira no cinema, como outros diretores da lista, David Fincher - de Clube da Luta, A Rede Social e Garota Exemplar, entre outros - iniciou sua carreira com videoclipes nos anos de 1980. E foi muito prolífico e eclético no segmento: dirigiu clipes para artistas que variam de Madonna, Justin Timberlake e Sting até o grupo Gipsy Kings (que só a sua mãe deve lembrar). Um dos destaques é Freedom! ’90, que conta com super modelos da época, como Cindy Crawford, Naomi Campbell e Linda Evangelista.

Daydreaming - Radiohead

Dir: Paul Thomas Anderson

O premiado Paul Thomas Anderson, que dirigiu títulos como Magnólia, Sangue Negro e Trama Fantasma e vira e mexe se volta aos videoclipes desde os anos de 1990. Um dos esforços mais recentes é para a banda Radiohead, em que o vocalista Thom Yorke passa por uma série de portas que o levam a locais diferentes e inusitados.

Sabotage - Beastie Boys

Dir: Spike Jonze

O aclamado diretor Spike Jonze também iniciou a carreira de cineasta assinando videoclipes e é responsável vídeos icônicos ainda hoje, como Buddy Holly, da banda Weezer, It's Oh So Quiet, da Björk (cujo bom gosto a fez aparecer de novo na lista) e Praise You, do DJ Fatboy Slim. Porém, Sabotage, do grupo Beastie Boys espécie de paródia-barra-homenagem das séries policiais do anos 1970 é tão memorável que chegou a inspirar a sequência de abertura do cult filme Trainspotting, de Danny Boyle.

Let Me - Zayn

Dir: José Padilha

Com uma temática gângster, que remete ao filme Scarface, de Brian DePalma (inclusive, conta com a participação do ator Steven Bauer, que fez parte do elenco de Scarface), o clipe de Let Me, do cantor pop britânico Zayn, foi dirigido pelo cineasta brasileiro José Padilha. A inspiração está em ver como um talento do nosso cinema nacional assina uma grande produção como essa.

Virtual Insanity - Jamiroquai

Dir: Jonathan Glazer

O mais “diferentão” da lista, Jonathan Glazer é associado a filmes que desafiam o público, como Sob a Pele. Britânico, diretor empresta sua visão mais europeia e sombria a clipes marcantes, como Karma Police, da Radiohead e The Universal, da banda Blur. Porém, a engenhosidade de Virtual Insanity, que levou o prêmio de vídeo do ano no VMA de 1997, ainda chama a atenção.

Bad - Michael Jackson

Dir: Martin Scorsese

Aclamadíssimo diretor de títulos como Taxi Driver, Touro Indomável, Os Bons Companheiros, Os Infiltrados e O Lobo de Wall Street, Scorsese dirige Michael Jackson em um clipe inspirado no clássico musical Amor, Sublime Amor, em que jovens de gangues rivais de Nova York se apaixonam. Na MTV, circulava uma versão mais curta, mas aqui listamos o vídeo em sua totalidade. Atenção para um Wesley Snipes, de Blade: O Caçador de Vampiros, ainda no início de sua carreira.

Ela disse adeus - Os Paralamas do Sucesso

Dir: Andrucha Waddington, Breno Silveira e Toni Vanzolin

Clássico videoclipe nacional, Ela disse adeus foi rodado em película e dirigido por um time encabeçado por Andrucha, que, vindo da publicidade, ainda não havia lançado seu primeiro longa, Gêmeas. Depois, assinou Eu Tu Eles e Casa de Areia, entre outros, enquanto Silveira lançou as cinebiografias Dois Filhos de Francisco e Gonzaga - de Pai para Filho. Levou o prêmio de melhor vídeo do ano no VMB de 1998.

New Order - Touched by the Hand of God

Dir: Kathryn Bigelow

Kathryn Bigelow, que viria a ganhar o Oscar de melhor direção por Guerra ao Terror, em 2010, e dirigir o clássico da Sessão da Tarde Caçadores de Emoção. Ela decidiu “disfarçar” os ingleses da banda New Order de metaleiros “farofa” no vídeo de 1987, resultando em performances surpreendentes. O videoclipe vale por ressaltar o trabalho de Bigelow, ainda uma das poucas diretoras aclamadas de Hollywood.

#videoclipe #produçãodevídeoclipe #direçãodearte #direçãodefotografia #produçãodevídeo

15 visualizações