• Verônica Gubert

Quais são os tipos de luz de uma cena? Produção de vídeo


Quais são os tipos de luz de uma cena?

Aqui no blog já falamos sobre a importância da iluminação em uma cena e sobre a técnica de iluminação de três pontos. Agora, vamos falar um pouco sobre os tipos de luzes que podem ser empregadas em uma gravação e seus efeitos no produto final.

Há quatro tipos principais de luzes em vídeos:

Luz direta: é apontada de forma direta para o objeto ou pessoa retratados em uma cena. É usada para chamar a atenção do público para um ponto em especial.

Luz indireta: não recai diretamente no que está sendo retratado, pois é uma luz rebatida em outra superfície - seja em uma parede, rebatedor profissional, etc.

Luz dura: projeta sombras bem definidas e marcadas. Um exemplo é a luz que incide nos dias de céu limpo e muito sol.

Luz difusa: tem uma característica mais uniforme e ilumina de forma regular, por igual, removendo as sombras duras. Por se “espalhar” mais, tem maior abrangência. O efeito pode ser conseguido utilizando o próprio equipamento de luz, ou instrumento de difusão - de um lençol branco à um difusor profissional.

Estas luzes podem ser combinadas entre si. “O céu nublado, por exemplo, cria uma luz direta e difusa”, explica Raul Fernandes, nosso CEO e diretor de fotografia. E é a combinação delas que cria a identidade de uma cena. “Se você quiser dar um clima de terror, uma luz vinda de baixo e com alto contraste funciona super bem. Para mostrar uma silhueta, usamos uma luz de fundo alta com a frente apagada - enfim, existem diversos perfis e diversas formas, de acordo com cada objetivo”, revela Tati Falavinha, nossa outra CEO e diretora de arte.

Assim, para decidir quais tipos serão utilizados, é preciso determinar o que mais combina com a intenção da cena. “Ao pensarmos o conteúdo para uma marca temos que passar algumas ideias com a iluminação. É muito comum que elas queiram trazer para seus vídeos a ideia de tradição com inovação, bem-estar e segurança. Normalmente, essas são características que pedem uma cena menos marcada, mais suave, sem muito contraste. A ideia aqui é dizer, por meio da imagem, que a marca é receptiva e por isso, em muitos projetos, escolhermos cenas bem iluminadas com luzes difusas e algumas luzes duras mais pontuais para dar volume para imagem”, diz Raul.

Para entender ainda mais sobre o papel da luz em produções audiovisuais continue acompanhando nosso blog, pois vamos continuar a desvendar as técnicas e mistérios da arte de filmar!

#produçãodevídeo #produçãoaudiovisual #vídeocampanha #vídeoinstitucional #videosinstitucionais #videosparaweb

67 visualizações