• Verônica Gubert

Conhecendo tipos de lentes para vídeo


Conhecendo tipos de lentes: teleobjetiva, grande angular e macro

Em que situação usar cada uma?

Determinar quais lentes acompanharão as câmeras em cada projeto é parte importante da criação de filme. Para ajudar a entender o motivo, a Onze Trinta selecionou três tipos de lentes muito usadas - além da “normal” - para explicar melhor sua utilização.

Lente Normal

Antes de apresentar uma variedade de lentes, é importante começar por aquela que tem mais a ver com a gente: a lente normal. Isso, pois sua “visão” é similar a do olho humano. Isso significa que não há “distorção” na imagem retratada. Assim, não afasta nem aproxima, e também não amplia ou diminui. Super versátil, ela tem muito espaço em vídeos institucionais e para vídeos para YouTube por proporcionar um desfoque no fundo das imagens, o que proporciona uma maior nitidez e destaque aos personagens retratados.

Lente Grande angular

Tem um ângulo de visão mais amplo, portanto “afastam”. Uma grande angular pode, inclusive, gerar distorção de perspectiva nas bordas das imagens.

São indicadas para capturar áreas grandes de uma vez, como paisagens e ambientes ou fachadas em que é preciso valorizar a arquitetura, por exemplo.

Lente Teleobjetiva

São ideais para filmar à distância, pois as teleobjetivas tem um ângulo de visão mais estreito, “aproximando” os objetos. Assim, é possível chegar mais perto dos objetos e personagens sem um deslocamento físico.

Lente Macro

As lentes macro atingem aberturas muito grandes, por isso são indicadas para capturar objetos pequenos a curtas distâncias. Isso inclui insetos ou flores - o que costumamos ver em documentários sobre a natureza - e detalhes que precisam ser apresentados com bastante nitidez, ressaltando textura, material, etc.

#produçãodevídeo #vídeoinstitucional #videosinstitucionais #vídeoparainstagram #vídeoparayoutube #vídeomarketing

86 visualizações