• Amanda Santos

Isolamento, Edward Hopper e Wim Wenders


E se os quadros de Edward Hopper ganhassem vida? O diretor alemão Wim Wenders - que tem uma estreita relação com outras artes, como a dança -, fascinado pelas obras do mestre da pintura norte-americana do século XX decidiu transformar algumas de suas obras em curtas 3D, exibidas em uma exposição na Fondation Beyeler, na Basiléia (estendida até julho deste ano). Mas é claro que não podemos falar de Hopper sem falar sobre sua visão da vida cotidiana.


Isolamento coletivo

Nascido em Nyack, New York em 1882, estudou pintura na New York School of Art até 1906. Ao retratar momentos cotidianos do mundo moderno em que vivia, passou também a retratar os momentos de solidão e melancolia das pessoas. O impacto dessas obras ainda nos move, mesmo um século depois e, em tempos de isolamento e distanciamento social, não só nos vemos inseridos ali, como também entramos em contato com a solidão do outro.


Wim Wenders e Hopper

Não é a primeira vez que o diretor alemão usa os contrastes de luz e sombra vistos nas obras de Hopper para criar algo. Podemos ver uma clara influência do pintor no filme “Paris, Texas” (1984), até em seu tema de relatar as vidas de pessoas comuns buscando seus lugares e afetos. Na exposição da Fondation Beyeler, o diretor convida o público a entrar no mundo de Hopper, através de vídeos imersivos. Como o próprio Wenders relata no trailer (que você pode ver a seguir), os quadros de Hopper são como pequenos frames de filmes nunca feitos, um momento na história daquelas pessoas.



Fragmentos congelados

Apreciar a obra de Edward Hopper é para todo mundo. E podemos também nos ver nesses pequenos fragmentos de vida, nas luzes e nas expressões dos que estão nos quadros. É quase como olhar para um frame, um fragmento de tempo e espaço congelados em seus quadros.


Por aqui amamos arte, seja de qualquer vertente, e estamos sempre nos inspirando por diferentes fontes e referências. Por isso que fazemos o que fazemos, da forma como fazemos. O jeitinho Onze Trinta de criar e entregar. Quer saber mais? Descubra o que a Onze Trinta pode fazer por você.


19 visualizações