Recent Posts

Para receber nossos posts, cadastre-se.

Encontre pelo tema

O Que é um Teaser e Como Pode Ser Usado na Estratégia de Marketing

Como deixar o público com aquele “gostinho de quero mais”? O teaser é perfeito para isso.

Instigar os espectadores e ainda ajudar no reconhecimento e no acesso ao conteúdo criado estrategicamente. Mesmo com um conteúdo excelente, ganhar visualizações é um desafio grande, e é preciso pensar em estratégias que levem os espectadores ao canal. Sem o trabalho de divulgação, o negócio depende do boca-a-boca, que não só é lento, como pode colocar tudo a perder. Entre as várias possibilidades de gerar atenção e engajamento, está o teaser, velho conhecido no mundo do entretenimento.


O que é um teaser?

Como ferramenta publicitária, o teaser ganhou ao longo dos últimos anos novas maneiras de uso e, com a digitalização das mídias, se tornou ainda mais importante na estratégia de divulgação. É um tipo de vídeo bastante popular (quem nunca ficou cheio de vontade de ver um filme depois de um teaser atraente e empolgante?) e ainda não requer grandes investimentos iniciais para sua produção. O teaser é criado especialmente para gerar antecipação, agindo no centro emocional do espectador. E a própria palavra já entrega a função: teaser vem do verbo “tease” em inglês que, em uma tradução literal, quer dizer “provocar”. Atua diretamente na área emocional, e desperta o desejo de consumo. Ah, e seu uso não precisa ser exclusivo para meios online: o teaser pode atuar de forma offline, em outdoors e anúncios em revistas e jornais. A diferença é que esses são um tipo de teaser impresso, o que mostra também a versatilidade que um teaser pode ter: se a peça usada para antecipar for capaz de gerar engajamento e curiosidade e for provocadora, ela estará dentro do conceito.


O teaser nas estratégias de conteúdo

Por mais que seja muito comum ver esse tipo de mídia ligado ao audiovisual (como filmes, séries, jogos e videoclipes), é possível usar o teaser para serviços, ou qualquer outro tipo de bem de consumo. Além de gerar aquela expectativa (movida pelo senso de urgência, que apela ao lado emocional e que torna o produto assunto em vários meios, ainda mais nas redes sociais), o teaser estimula o engajamento do público que, na era digital, tem imenso valor. Convidar o público a fazer parte do trabalho é criar um laço de proximidade, e o teaser traz muito bem esse quesito, já que gera curiosidade e traz um senso de “ajudei a colocar em prática”. Um bom teaser também cria convites orgânicos, atraindo visitantes para o site da marca - ou canal em redes sociais. A atração gerada cria um fluxo maior para as plataformas, o que pode acelerar a relação com o público, e gerar leads, que levam a conversões.


Quando usar o teaser?

Já entendemos que é uma ferramenta muito poderosa e bastante versátil, mas como incluir esse tipo de conteúdo em uma estratégia de marketing em vídeo é até bastante simples: tudo o que precisa, antes de ser lançado, de uma divulgação que provoque e atraia o consumidor. Ou seja: apresentações de empresas ou canais, lançamentos de produtos e serviços, e até na divulgação de um novo conteúdo. O importante aqui é gerar a expectativa! O teaser inclusive é uma ótima maneira de implementar a voz de uma marca, e reforçar a identidade visual da mesma, para ser facilmente identificada por quem assiste. O uso das redes sociais também é uma ótima maneira de divulgação de um teaser, já que cria o burburinho esperado entre os seguidores, e aumenta o senso de urgência já sentido nas redes.


Para a realização de um teaser que seja eficiente e que atraia um público especializado para a marca ou o produto, uma produção profissional faz toda a diferença. Um bom storytelling, além de uma produtora que entenda e saiba alcançar aquilo que o cliente precisa são essenciais.


E a Onze Trinta pode ajudar nessa. Converse com a gente!